quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Amor Não se Explica, VIVE-SE



Amor não se explica, vive-se
Se explicar complica
E o coração não sente.
Amor só é dado o direito de definir
Àqueles que têm sentimento
E o vivem à flor da pele
Através das letras, escritas, poesias
Ou então quem pinta em cores e expressões
Quem sabe até uma bela melodia
Somente àqueles que estão próximo dos deuses
Só a eles é dado o direito de explicar
Sentimento tão profundo
Sentimento tão confuso
Que faz o coração vibrar
Que faz a mente viajar
Que faz a boca ao mundo gritar
Mas que os amantes se calam
E expressam com o olhar
A nós mortais,
É dado o direito de vivê-lo
De senti-lo
Pois pra explicar o amor
É preciso ter emoção
É preciso abrir o coração
E deixar entrar o sentimento
Sem medo de se machucar
Pois amor não se explica
Apenas vive-se e se é feliz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário