sábado, 16 de abril de 2011

E o medo se vai
 
Eu busco no horizonte
 
Os sonhos que deixei pra trás
 
Por não saber viver.
 
E hoje falo de amor,
 
Pois ontem eu te digo amigo
 
Que vivi na dor sem hesitar.
 
 

Os dias correm, somem
 
E com o tempo não vão voltar,
 
Só há uma chance pra viver.
 
Não perca a força, e o sonho,
 
Não deixe nunca de acreditar
 
Que tudo vai acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário